Click here to edit title

sociedade Beneficente Muçulmana de Londrina e norte do Paraná

                               O Alcorão

                                                               QUE É O ALCORÃO? 

 

O Alcorão é um registro das palavras exatas reveladas por Deus por intermédio do anjo Gabriel ao Profeta Mohammad. Foi memorizado por ele, e então ditado aos seus companheiros, e registrado pelos seus escribas, que o conferiram durante sua vida. Nenhuma palavra de suas 114 suratas foi mudada ao longo dos séculos. Assim, o Alcorão é, em cada detalhe, o único e miraculoso texto que foi revelado a Mohammad quatorze séculos atrás.

No Alcorão Sagrado há mais de mil sinais científicos e, mesmo sendo revelado há mais de 1400 anos, a ciência moderna não consegue contradizer nenhum destes sinais, pois o Alcorão é a palavra de Deus e o Universo é a Sua criação.

Louvado seja Deus, Senhor do Universo, que a paz e as bênçãos de Deus estejam sobre seu Nobre Profeta, sua família, seus companheiros e sobre todos os muçulmanos até o dia do Juízo Final.

Queridos irmãos, no Alcorão Sagrado há duas suratas que começam com um louvor a Deus – a primeira é a surata 6: “Louvado seja Allah, que criou os céus e a terra (…)”; e a segunda é a surata 18: “Louvado seja Deus que revelou o Livro ao Seu servo, no qual não colocou contradição alguma”. Na primeira, o motivo do louvor é a criação do Universo e, na segunda, o motivo é a revelação do Alcorão Sagrado. Isso significa que tanto da Criação do Universo quanto da Revelação da Palavra tem a mesma importância.

No Alcorão Sagrado há mais de mil sinais científicos e, mesmo sendo revelado há mais de 1400 anos, a ciência moderna não consegue contradizer nenhum destes sinais, pois o Alcorão é a palavra de Deus e o Universo é a Sua criação.

Falaremos hoje a respeito de alguns desses sinais revelados no Alcorão.

Deus nos fala no Alcorão Sagrado: “Não! Em verdade, se ele não se detiver, o pegaremos pela naseyah (parte frontal da cabeça). Naseyah mentirosa e pecaminosa.” (96, 15-16)

Somente nos últimos sessenta e três anos os pesquisadores e cientistas descobriram que a parte frontal do cérebro é a responsável pelo planejamento e pela motivação, assim como pelo ato de falar uma verdade ou de mentir (Os milagres científicos na parte frontal da cabeça, Moore et al, p. 41). A área pré-frontal é considerada também como responsável pela agressividade. Por isso, durante as rezas, o muçulmano coloca sua parte frontal da cabeça no chão como sinal de obediência total para que suas decisões estejam de acordo com a vontade de Deus. A oração impede os maus atos sugeridos por essa parte da cabeça e em outro versículo, Deus nos diz: “(…) Por certo, a oração protege o homem contra a obscenidade e o ilícito” (29:45).

Deus disse no Alcorão: “Ó homens! É-vos proposto um exemplo, então, ouvi-lo: ‘Por certo, os que invocais, além de Allah, não criarão uma mosca sequer, ainda que, para isso, se juntem. E, se a mosca lhes tirar algo, não poderão recuperá-lo (…)”’. (22:73)

Cito a seguir um trecho do livro Os milagres científicos no Alcorão e na sunnah que justifica cientificamente o exemplo citado: “(…) este inseto é um ser que digere o alimento fora de seu organismo, liberando uma substância que dissolve a comida antes que seja por ele ingerida, e se ele tomar do homem algum alimento jamais poderá devolvê-lo na sua forma original, e isto foi revelado no Sagrado Alcorão, depois de mostrar a incapacidade das criaturas de criar este mosquito”.

O nosso terceiro exemplo na está na seguinte surata: “A quem Deus quer iluminar, dilata-lhe o peito para o Islam; a quem quer desviar, oprime-lhe o peito, como aquele que se eleva na atmosfera. Assim, Deus cobre de abominação aqueles que se negam a crer” (6:125). Nesse versículo Deus exemplifica a situação daquele que se desvia do Seu caminho, em outras palavras, ao sair do caminho de Deus a pessoa sente um sufoco como se estivesse solto na atmosfera. A ciência moderna prova que quanto mais o homem é elevado na atmosfera, maior será sua dificuldade em respirar até chegar ao ponto em que a respiração se torna impossível.

Queridos irmãos, convoco a todos para que sejam mais atenciosos com o Livro de Deus não somente com a recitação, mas também para aprender e entender porque é a mensagem de Deus para toda a humanidade.

Pedimos a Deus que nos ajude a acreditar no Alcorão Sagrado e que saibamos aplicá-lo corretamente em nossa vida.


 

DE QUE TRATA O ALCORÃO?

O Alcorão, a derradeira palavra de Deus revelada, é a principal fonte da fé e da prática de todo muçulmano. Ele trata de todos os assuntos relacionados conosco, como seres humanos: sabedoria, doutrina, rituais e lei, mas seu tema básico é o relacionamento entre Deus e Suas criaturas. Ao mesmo tempo ele proporciona orientação para uma sociedade justa, uma conduta decente e um sistema econômico eqüitativo.

HÁ OUTRAS FONTES SAGRADAS?

Sim, a Sunnah, a prática e o exemplo do profeta é a segunda autoridade para os muçulmanos. Um hadith é a narração fiel transmitida a respeito do que o profeta disse, fez ou aprovou. Crer na sunnah faz parte da fé islâmica.

EXEMPLOS DOS DITOS DO PROFETA

O profeta disse:

"Deus não tem misericórdia daquele que não tem misericórdia dos outros"

"Ninguém de vós crê realmente antes de desejar ao seu irmão o que deseja a si próprio"

"Aquele que se alimenta enquanto o seu vizinho está passando fome não é crente"

"O comerciante honesto está associado aos profetas, aos santos e aos mártires"

"O poderoso não é aquele que derruba os outros; o poderoso é aquele que controla e si próprio em um acesso de cólera"

"Deus não vos julga baseado em vossos corpos e aparências, mas perscruta vossos corações e examina vossas obras"

" ‘Um homem caminhava em uma estrada e sentiu muita sede. Encontrando um poço, nele desceu e subiu. Então viu um cão arfando, tentando lamber a lama para amainar a sede. O homem percebeu que o cão estava sentindo a mesma sede que ele sentira antes. Então, ele desceu novamente no poço e encheu o seu sapato com água e deu de beber para o cão. Por isto Deus perdoou os pecados do homem.’ Foi perguntado: ‘Ó Mensageiro de Deus, seremos acaso recompensados por nossa bondade para com os animais?’ Ele respondeu: ‘Há recompensa pela bondade demonstrada por qualquer ser vivo’"

extraídos das coleções de hadith de Bukhairi, Muslim e Baihaqui.


 

VEJA

Conheça os versículos do Alcorão.
A Sura da Abertura
Caravana da Fé (O Nobre Alcorão)
0:00/1:05